• PressãoAlta

Cultivo Protegido: você sabe o que é?


@tomattoscp

Altas temperaturas, excesso de chuvas ou secas, pragas, granizo e geadas são preocupações constantes do produtor. As intempéries climáticas prejudicam tanto a qualidade quanto o rendimento da produção, podendo diminuir drasticamente a rentabilidade do negócio. Para fazer frente a esses riscos, uma alternativa a ser considerada é o cultivo em ambiente protegido. O cultivo protegido consiste em uma técnica que possibilita certo controle de variáveis climáticas como temperatura, umidade do ar, radiação solar e vento. Esse controle se traduz em ganho de eficiência produtiva, além do que o cultivo protegido reduz o efeito da sazonalidade, favorecendo a oferta mais equilibrada ao longo dos meses.


Os gastos com controle de pragas e doenças também pode reduzir no cultivo protegido. Os frutos geradas em estufas, por exemplo, têm menor incidência de pragas e doenças, o que torna o produto “mais limpo".


O cultivo protegido mais conhecido é aquele realizado em estufas, construídos com estruturas metálicas.


O cultivo protegido é uma realidade na produção de hortifrutis. O tomate e o morango são uma das culturas que mais tem se expandido nesse sistema, sobretudo no Sul do País. Praticamente todo tomate tipo grape é produzido em cultivo protegido. Mesmo variedades de tomate salada, mais comuns em campo aberto, também estão encontradas em ambiente protegido, especialmente no norte do Paraná.

Com maiores cuidados , proteção de pragas e nutrientes aplicados diretamente na planta, o resultado final são plantas mais saudáveis.


0 visualização

PRINCIPAIS ASSUNTOS NO PRESSÃO ALTA

  • Facebook ícone social
  • Instagram

BELEZA | CHOCOLATE | COMER BEM | CORAÇÃO | DETOX | DIETA | EMAGRECER | ESPORTE | ESTILO DE VIDA | GADGESTS | INFARTO | MEDICAMENTOS | PRESSÃO ALTA | REDUZIR CELULITE | SAÚDE | SEXO | SONO | VIVA MAIS| 

PROCURANDO ALGO ?

www.pressaoalta.com.br

Rio de Janeiro / RJ - Brasil