Blog

Eu estava aqui pesquisando sobre o fígado e descobri o quanto ele é importante e resolvi fazer um post falando disso. Sou Chef de Cozinha e talvez não tenha termos técnicos, mas resolvi fazer este post para alertar os seguidores do Pressão Alta com as palavras de uma mera paciente.

– – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – – –  

O fígado desempenha funções demais e por vezes fica sobrecarregado. É ele quem mais “paga” pelos excessos cometidos. Dentre uma variedade enorme de funções, é o fígado quem produz a bile, um líquido que funciona como detergente, indo para o estômago e dissolvendo, ou aproveitando a gordura.

Ao fígado também cabe a síntese do colesterol, desintoxicação do organismo, armazenamento de várias vitaminas, reciclagem de hormônios e mais um monte de outras coisas.

Portanto, cuidemos bem desse órgão tão importante, que não reclama quando está doente, fazendo com que a pessoa só descubra que tem algum problema, quando ele já está muito prejudicado.

 

Mesmo que seja difícil para a maioria, cuidar do fígado é uma tarefa simples, mas que precisa ser feita todos os dias, a cada ingestão de alimento ou bebida. Daí a dificuldade. Mas não deixemos para amanhã, porque, embora o fígado tenha uma alta capacidade de regeneração, ele só se regenera quando está saudável. Afetado por cirrose, ou inflamações, ele perde essa capacidade.

 

– Reduza a carga tóxica do seu fígado.

– Aumente a ingestão de alimentos naturais e diminua a gordura.

– É aconselhável vacinar-se contra a hepatite.

– Evite a automedicação.

– E claro, não exagere no álcool. Alterne goles de água com a bebida alcoólica.

 

Fique atento ao seu corpo e evite maiores problemas!