Blog

OLEOCOCO

 

Nos últimos tempos houve uma “explosão” do Óleo de coco. Começaram a aparecer celebridades falando que consumiam, capa de revista, artigo em jornal… E a polêmica: Óleo de coco emagrece?!

Essa pergunta é bem delicada e a resposta não pode ser dada de forma direta, então o #dicasdorafa de hoje é sobre Óleo de coco!

 

Esse alimento é rico em ácidos graxos de cadeia média. Isso faz com que sua digestão seja rápida e até dispense a ação enzimática, fazendo com que esse alimento nos dê saciedade e diminua a compulsão por carboidratos, já que teremos energia rápida! Além disso, estimula a glândula tireóide e tem ação termogênica. Até aí as capas de revistas e as celebridades que afirmavam que o óleo de coco emagrece estavam certas. Acontece que o óleo de coco, como toda gordura tem cerca de 9 calorias por grama. De modo que uma colher de sopa tenha aproximadamente 110 calorias. Sendo assim, se não fizermos o balanço calórico, controlarmos o consumo de acordo com as nossas necessidades calóricas, o Óleo de coco não vai “emagrecer”. Então, óleo de coco emagrece?

 

Do ponto de vista metabólico ajuda, mas só quando usado de forma quantitativamente correta! Na realidade os benefícios desse ácido graxo vão muito além disso. Ele tem ação antioxidante por ser rico em fenóis e tocofenóis. Apesar de ser uma gordura saturada, promove melhora no perfil lipídico, pelo aumento do HDL (bom colesterol). Ainda ajuda no combate a inúmeras doenças. Isso ocorre, pois metade dos ácidos graxos contidos no óleo de coco possui Ácido Láurico. Esse ácido é convertido em Monolaurin no organismo, e é aí que a mágica acontece!

 

O monolaurin possui propriedades capazes de destruir o envelope de diversos tipos de vírus, ajudando no combate e na prevenção de doenças! Os Polinésios, cuja dieta é rica em coco e em seu óleo, apresentam índices baixíssimos de diversas doenças virais, como as causadas por Citomegalovirus.

 

Além disso o Monolaurin é eficaz no combate a fungos, parasitoses e bactérias. Isso mesmo, o óleo que você compra no supermercado irá ajudar na proteção de patologias comuns, como as causadas por H Pylori e Cândida! Como se já não fosse suficiente, o óleo de coco ainda tem ação contra o Câncer! Um estudo britânico feito no final da década de 80 forneceu uma dieta rica em ácidos graxos de cadeia média para animais que tiveram implantadas células tumorais provenientes de câncer gástrico humano.

Resultado: Diminuição do tumor! Vale lembrar que o óleo de coco é a melhor opção para a cozinha. Pois ao contrario das gorduras insaturadas como as contidas no azeite de oliva, que perdem suas propriedades benéficas sob altas temperaturas, o óleo de coco mantém suas propriedades mesmo quando utilizado no cozimento, e ainda pode ser reutilizado sem problemas! Os estudos da década de 60 que definiram o óleo de coco como uma gordura ruim, foram feitos baseados em óleos contendo gordura hidrogenada, que não está presente nos óleos não processados disponíveis no mercado, e são esses que devemos utilizar!

#dicasdorafa