Blog

Como Medir Corretamente a Pressão Arterial

Como Medir Corretamente a Pressão Arterial

Embora a hipertensão arterial não seja uma doença apenas de números (valores de pressão arterial), o seu diagnóstico ainda é realizado exclusivamente pela medida da pressão arterial.

A conduta clínica, nos tempos atuais, já tem por base, além da medida da pressão arterial, a estratificação de risco do indivíduo hipertenso. Isso ajuda a definir a necessidade de tratamento.

A hipertensão arterial, conhecida popularmente como pressão alta, é um importante problema de saúde pública em virtude de sua alta prevalência e de suas complicações cardiovasculares como o derrame cerebral, ataque cardíaco, insuficiência cardíaca, aneurismas e doença renal crônica.

Para melhor diagnosticar a hipertensão arterial, exige-se a correta medida da pressão arterial, com o emprego adequado de técnica secular, sempre se utilizando equipamentos validados e calibrados. Ainda assim, seu diagnóstico adequado exige a realização de medidas fora do consultório para afastar a possibilidade da hipertensão do avental branco (níveis elevados de pressão arterial apenas no ambiente médico) e da hipertensão mascarada (níveis elevados da pressão arterial fora do ambiente médico, no trabalho ou em casa).

O surgimento de equipamentos automáticos digitais de diversas marcas, procedências e preços tem propiciado nova informação dos valores da pressão arterial no domicílio ou trabalho, a denominada automedida da pressão arterial.

A automedida da pressão arterial pode ser realizada com qualquer equipamento (inclusive não-validado), pelo próprio paciente, e não obedece a nenhum protocolo preestabelecido.

Orientações para a realização da automedida da pressão arterial:

1- Efetuar as medidas antes da tomada dos medicamentos anti-hipertensivos e antes do desjejum e do jantar, ou após duas horas.Lembrar que a pressão arterial é um parâmetro que varia batimento a batimento, ou seja, seus valores serão sempre distintos. Diferenças de valores da pressão arterial maiores que 20 mmHg provavelmente refletem artefatos (erro de medida), e devem ser desconsiderados.

2- Manguito (bolsa de borracha que infla no momento da medida) colocado no braço ao nível do coração e sem garroteamento por roupas apertadas.

3- O indivíduo deve estar pelo menos 5 minutos de repouso, sem estar de bexiga cheia, 30 minutos sem fumar, sem ingerir cafeína ou bebida alcoólica e sem ter praticado exercícios físicos.

4- Posição sentada, em sala confortável, costas apoiadas e braço colocado sobre uma mesa com a palma da mão voltada para cima e sem movimentação durante as medidas.

5- Permanecer imóvel, relaxado, pernas descruzadas, não falar e realizar 3 medidas com intervalos de 1 minuto.

6- Anotar data, hora e valor de cada medida.Este relatório será útil para o médico assistente em uma futura consulta.

Fonte: Portal do Coração